Postado 12 novembro 2013

Resenha: Laços de Sangue

Por Regiane Cristina S.






Título: Bloodlines - Laços de Sangue
Autor: 
Richelle Mead
Nº de páginas: 450
Ano Edição: 2013
Editora: Seguinte

Classificação: 4/5 estrelas







“  Eu não conseguia explicar como, depois de passar algum tempo com Rose Hathaway, era fácil de esquecer que ela era uma dhampir. Mesmo fisicamente, dhampirs e humanos são praticamente indistinguíveis. Rose era tão cheia de vida e paixão que às vezes ela parecia ser mais humana do que eu. Rose certamente não teria humildemente aceitado esse trabalho com um simples "Sim, senhor". Não como eu fiz.  ”

oje é aniversário da autora Richelle Mead, e nada melhor para comemorar o aniversário dessa querida, postando a resenha do seu mais recente trabalho Bloodlines

Eu sou suspeita para falar de livros de sobrenatural, pois sou simplesmente viciada. Sem contar que histórias de vampiros sempre me atraíram - mesmo aqueles que fogem do tradicional. É claro que para uma "adoradora" de sanguessugas, é uma vergonha eu não ter lido nada antes de Richelle Mead.


Eu não fazia ideia do quanto eu iria ficar viciada em Laços de Sangue. O livro superou todas as minhas expectativas, agora não vejo a hora de acompanhar a continuação com O Lírio Dourado.


Sydney é uma jovem alquimista que ficou encrencada depois da sua última missão, onde ela acabou ajudando a dampira Rose Hathaway a escapar da prisão, selando uma aliança que lhe garantiu uma reputação de traidora, diante dos outros alquimistas, pois vampiros e dampiros são considerados por eles criaturas terríveis que costumam ameaçar os únicos seres que merecem ser protegidos: os humanos.

Sabendo que sua lealdade foi colocada em questão, Sidney decide se oferecer em uma missão bem complicada, onde ela deverá ajudar a esconder Jill Dragomir, uma princesa vampira que está sendo perseguida por rebeldes que querem tomar o poder. No caso dela ser capturada e morta, a rainha Lissa não teria nenhum outro parente vivo - como a lei determina - e em consequência disso, seria obrigada a abdicar do trono e que acabaria gerando uma guerra civil extremamente sangrenta no mundo dos vampiros e que poderia afetar gravemente toda a humanidade. 

Por conta disso, Sidney topa encarnar uma estudante, junto de Jill e seu guardião Eddie - se passando por três irmãos - na Escola Preparatória Amberwood, em Palm Springs, na Califórnia. O último lugar em que qualquer um procuraria a realeza. 

Com o passar dos dias, Sidney chega a conclusão que talvez essas criaturas taxadas de perigosas e estranhas, não sejam tão más assim, em especial Adrian, um vampiro que é bem próximo de Jill que abala os sentimentos da alquimista.

Não será apenas o seu coração que Sidney terá que lidar, mas também com problemas bem maiores, como por exemplo, as tatuagens que se tornaram uma epidemia entre os estudantes da escola e que tudo indica que possam fornecer poderes sobrenaturais naqueles que as usam. Será que existe algum alquimista traidor entre eles? Será que Sidney será capaz de desvendar esses mistérios e garantir a paz entre os humanos?



Laços de Sangue  é o spin-off da série Academia de Vampiros e apesar de não ter lido antes do 1º livro da série Bloodlines, não me atrapalhou no entendimento da leitura e nem achei que houve spoilers como muita gente disse que eu encontraria. Portanto, se como eu, você ainda não leu VA, mas está doido(a) para conferir o trabalho de Richelle Mead, não tenha receio em começar por Bloodlines - se assim preferir. 

Eu devorei as 450 páginas de Laços de Sangue em um final de semana. Virei a noite lendo, e só sosseguei quando finalmente terminei, só que não.  Quando fechei o livro, tive vontade de roer todas as minhas unhas, tamanha era a minha ansiedade em querer ler a continuação da série. Logo nos primeiros capítulos já fui fisgada pela escrita envolvente da autora e para a minha alegria o nível da história se manteve assim até o fim. 


A narração segue em 1° pessoa, pelo ponto de vista de Sidney. A autora soube trabalhá-la muito bem, pois deu uma visão bem ampla, através das observações da protagonista, casando com os relatos dos demais personagens.  

O mistério sobre as tatuagens depositado em Laços de Sangue foi uma peça fundamental para manter a história instigante sem deixar a peteca cair. Desse ponto em diante, a minha sede pela leitura só aumentou.  


Os personagens foram muito bem estruturados e me cativaram bastante. Gostei muito de Sidney, porque ela foge do padrão de protagonistas sem sal, mimadas e completamente irritantes. Ela é forte, madura e determinada. Não vou falar que ela é 100%, pois eu estaria mentindo. Pela sua falta de convívio social, muitas vezes ela me deixou com vontade de entrar na história para lhe dar uns puxões de orelhas, mas é compreensivo, já que passou a vida toda sendo treinada para desempenhar seu trabalho de alquimista e não teve tempo para aprender a ter tato para lidar com pessoas que não fossem da sua família. 

Já Jill, me deu vontade de socá-la praticamente o tempo todo, já que ela é o oposto de Sidney e possui o dom de ser muito chata e cansativa. Claro que ela tem um lado bom, mas quase foi oprimido por conseguir ser tão irritante. Agora se tem um personagem que se destacou totalmente para mim, esse foi Adrian Ivashkov. Adorei seu jeito debochado e a forma que ele conseguia tirar Sidney dos eixos com suas provocações. Ele é totalmente encantador e obviamente se tornou queridinho por mim. Os demais personagens também são bem trabalhados, inclusive um que consegue ser mais mala que Jill.


Eu me arrependo muito por ter demorado tanto para apreciar o trabalho de Richelle Mead. Não resta qualquer dúvida da sua capacidade, talento e criatividade para escrever e criar histórias sobre seres sobrenaturais. Claro que adoraria vê-la publicando livros de outros gêneros, mas se isso nunca acontecer, também não vou reclamar, pois no estilo ficção, ela tira de letra.

O desfecho final de Laços de Sangue me deixou pasma. Eu não fazia ideia do que iria acontecer, fiquei bem surpresa e pensei: "Uau, que final incrível", então vocês devem entender o quanto eu necessito de O Lírio Dourado para ontem e também agora sei o porquê de tanta gente amar os livros da autora. Isso só me deu mais vontade de tirar minhas edições de Academia de Vampiros da estante para lê-los o quanto antes.  


Se você não é capaz de resistir a um bom livro de sobrenatural, repleto de mistério e romance,  que prende totalmente, eu recomendo!

   Fotos por Ler & AlmejarCopyright Todos os direitos reservados a Ler & Almejar.

16 comentários:

  1. Nossa, pela sua descrição o livro parece ser ótimo. Gostei de saber que os personagens são bem construídos e que fogem à regra dos personagens dos livros em geral. Pena que tem um que é chato, mas faz parte. Quero ler, ainda mais que te deixou assim tão ansiosa!

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Oie Rê =D

    Também não li nada da Richelle (shame), mas vou me redimir lendo Academia de Vampiros, antes de lançarem o filme.

    Assim como vc adoro literatura sobrenatural em especial quando tem vampiros rs...

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  3. A Richelle é perfeita, eu amo a serie Academia de Vampiros, então claro que estou louca para ler outros livros dela.

    Beijos,
    Mands - Outbreaks.

    ResponderExcluir
  4. Eu quero muito esse livro!!! Porém eu tenho que reler a série antes só para relembra de alguns fatos… principalmente quem é quem, pois quando li Academia de vampiros eu comi e umas partes são desconhecidas e só me foquei na Rose e no Dmitri. Que saudades desse universo!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Como nao li a AV fico sem saber o que disser, porem tenho uma grande curiosidade de ler todos os livros da autora, acho que ela tem ma criatividade enorme de ler os livros dela.
    Adoro suas fotos *0*

    xx

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha, Re, agora TENHO que ler Laços de Sangue; tb não li Academia de Vampiros e não sei por onde começar...dúvida cruel!!

    ResponderExcluir
  7. Amei sua resenha, Re, agora TENHO que ler este tb, mas ainda não li Academia de Vampiros e não sei por onde começar...dúvida cruel!

    ResponderExcluir
  8. Para começar....Essa capa ficou lindaaaa, o conteúdo do livro é o mais importante, mas um livro com a capa linda faz com que eu tenha ainda mais amor pelo livro!
    Essa é uma daquelas leituras que faz com que eu ignore os muitos livros que eu tenho para ler e de atenção especial a esse, a Richelle é uma das minhas autoras favoritas, eu tenhos todos os livros da série súcubos e já li quase todos! *-*

    ResponderExcluir
  9. Ai, Rê!! Não acredito que leu esse livro antes de ler Academia de Vampiros!! Apesar de você ter dito que não teve dificuldade com a leitura desse livro, tenho a impressão que AV não será tão bom para você!!
    Sou uma grande fã do trabalho da autora e não via a hora de ler esse livro! Agora estou doida pelo próximo! hehehe
    beijos
    Camis

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda estou lendo VA, estou no 3º livro e estou amando o 1º é um pouco fraco, mas depois melhora. É uma pena você ter lido o spin off primeiro, mas não tem problema. haha. É a minha primeira vez aqui. Tem post novo lá no blog, passa lá.
    Abraços,
    J. A. Santos

    ResponderExcluir
  11. Vou ler essa série, mas não espero tanto, pois li VA e o final não me agradou.
    Vamos ver essa que iniciou!

    ResponderExcluir
  12. Não consegui gostar desse livro. Achei maçante, chato, mal estruturado, personaagens nada carismáticos. Quase nada funcionou pra mim. Porém, quero ler o livro dois só por conta do fiall do um. (Aquela pessoinha que aparece). Quero dar uma nova chance pra Mead já que todo mundo ama a autora :)

    Beijoooooooos fofa

    Gleice

    ResponderExcluir
  13. Não gostei do livro... Achei chato, maçante, mal estruturado, personagens pouco carismáticos... Pouca coisa funcionou ali pra mim... Mas quero dar outra chance pra autora, já que todos a amam. E tb pq o livro um terminou com aquela pessoinha aparecendo, rs. ;P

    Beijoooos

    ResponderExcluir
  14. esse comentário pode ser bobo, mas que aflição da segunda foto! Voce abriu taaanto o livro hehe

    ResponderExcluir
  15. Olá Regiane,

    Recentemente encontrei uma de minhas resenhas plagiadas em um determinado blog. Por curiosidade resolvi conferir as outras resenhas e não de outra, também plagiadas. Infelizmente a sua está entre elas e me senti no dever de informar:

    Segue o link para conferência: http://garotaliteratura.blogspot.com.br/2013/12/ressenha-lacos-de-sangue.html

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jeferson! Tudo bem?

      Muito obrigada, viu???? Já reclamei com a menina! Eu que nunca pensei que isso aconteceria comigo. Obrigada mesmo.

      Abraços

      Excluir