Postado 07 maio 2013

Resenha: Sua Voz Dentro de Mim

Por Regiane Cristina S.





Título: Sua Voz Dentro de Mim 
Autor: Emma Forrest
Nº de páginas: 192
Ano Edição: 2013
Editora: Rocco

Tradutor: Maira Parula








“ Mas ela raras vezes está aqui, porque sua vida é cheia demais. Está sempre ocupada em ser livre.  ” 

Ao pegar esse livro em mãos, eu imaginava o quão comovente poderia ser, mas não fazia ideia do quanto à história vivenciada por Emma ficaria marcada em minha mente por dias, semanas, e sei lá por quanto tempo mais. 

Emma Forrest deixou a casa dos pais em Londres para morar em Nova York ainda jovem. Uma jornalista e escritora aparentemente com uma vida perfeita e invejável, já que estava prestes a conseguir publicar seu primeiro livro, enquanto tinha um contrato com o jornal The Guardian. Só que por trás de tudo isso, a garota tinha problemas psiquiátricos bem sérios, pois sofria bulimia e automutilação.

Sua Voz Dentro de Mim traz memórias de Emma, onde ela expõe sem temor o seu lado obscuro que antes era só guardado para si.  Mesmo diante de tanto sofrimento, autodestruição e depressão, ela consegue resgatar a beleza do amor ao detalhar sua superação ao decorrer das páginas. Sem contar que Emma  passa uma  mensagem válida para reflexão sobre a relação que temos com nós mesmos.

Não costumo levar em conta elogios em capa e contracapa de livros, porém quando eu me deparei com as impressões positivas da vocalista da banda Florence and the Machine e dos escritores Gary Shteyngart e Nick Hornby, que atraiu totalmente a minha atenção. Eles não pouparam palavras para aclamar essa obra, e não poderia ser diferente.


As memórias de Emma são apresentadas em uma narração divertida e inteligente. Mesmo nos momentos mais críticos da depressão, ela dribla a situação com seu humor, resultando em uma leitura menos tensa, capaz de arrancar sorrisos. Apesar da escrita ser concisa, não faltou em nada. Através de poucas páginas, Emma foi capaz de expressar com maestria a sua história de luta e superação.

Umas das coisas que mais me comoveram, foi o carinho e o valor que ela demonstrou a seu psiquiatra, apelidado de Dr. R ao decorrer da leitura. É perceptível a sua gratidão em cada palavra e em cada gesto por ele. Eu não faria diferente, porque esse homem se mostrou muito determinado e preocupado em ajudar pessoas através do seu conhecimento e profissão, e ele foi mais além para com Emma, ao revelar-se um amigo e o seu melhor confidente. 


“ Nove anos atrás, o dr. R salvou minha vida. Graças a ele, meus pais tiveram sua filha de volta. Temos uma dívida eterna e somos eternamente gratos pela dádiva de sua presença em nossa vida. Com o passar dos anos, eu brincava com ele dizendo que ele era um otimista terminal. Graças a Deus ele era assim; peguei carona em sua fé e entusiasmo por um longo tempo. Levarei o dr. R comigo sempre. Eu me esforçarei para imitar sua gentileza e equilíbrio, especialmente perto dos que são doentes e sofrem, como eu era quando tive a sorte de ficar sob seus cuidados.  ” 

Confesso que apesar de adorar biografias, já li algumas que em determinados momentos, acabaram caindo na monotonia. Felizmente isso não aconteceu em Sua Voz Dentro de Mim. Emma conta a sua história de uma forma tão envolvente, que quando me dei conta, eu já havia virado a última página. Assim que terminei a leitura, senti uma vontade imensa em abraçar e ao mesmo tempo em aplaudir Forrest por sua determinação em lutar para seguir em frente e por sua coragem em expor suas maiores dores e aflições. É impossível não se emocionar com suas memórias. Apesar de não ter chorado - a maior parte do tempo - eu fiquei com um nó atravessado na garganta. 

O livro traz algumas referências cinematográficas e musicais bem interessantes, que não há como passar despercebidos. Como sou apaixonada por ambos, eu nem preciso dizer que esses detalhes me agradaram demasiadamente.  Com isso, Emma provou que além de ótima jornalista e escritora, ela tem bom gosto. 

Sua Voz Dentro de Mim teve os direitos comprados para adaptação para o cinema, que ocorrerá ainda esse ano, tendo  biografia será adaptada para o cinema este ano, com Emily Blunt - de A Jovem Rainha Vitória - no papel de Emma. Eu achei a escolha perfeita, pois além da semelhança, Emily é uma boa atriz. Estou bem ansiosa para ver a vida dessa mulher tão cativante nas telonas. 

Como dito na orelha desse livro, essa biografia é uma emocionante crônica das diferentes formas de amar e de como é possível curar até a alma mais ferida. Uma obra que merece a atenção daqueles que estimam uma ótima leitura com uma lição essencial e bonita para toda a vida. Super recomendo!

Não deixe de conferir a Fanpage e o Twitter da Rocco.

26 comentários:

  1. Muito boa a resenha! Biografias não podem ser monótonas, senão não agrada. Bom saber que vai para o cinema.

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    nossa não conhecia o livro e confesso que pela capa eu não leira, mas sua resenha me deixou na dúvida, ser dramatico e melancólico e ao mesmo tempo divertido rs.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Humm..Fiquei interessada no livro. Mas acho que não estou no clima para leituras desse tipo, prefiro algo mais leve.

    ResponderExcluir
  4. Caraca, fiquei muito interessada por esse livro! Vou agora colocá -lo no meu skoob!

    Bjs

    Venha conhecer meu blog sobre livros e series: www.culturaviciante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Assim que abri o blog me deparei com essa resenha incrivel.!! Não conhecia ainda, mas agora desejo muito poder estar lendo.!!

    ResponderExcluir
  6. Não sabia que se tratava de uma biografia! Adorei sua resenha, mostrou o quanto o livro é bonito e merece ser lido :)
    E será adaptado? Que legal!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro, achei a capa linda, e parece ser muito interessante, a biografia tem que te prender de alguma maneira, e pelos distúrbios psicológicos da Emma imagino que seja uma leitura um pouco tensa, mas que vale a pena ler. Gostei muito da resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Nunca ouvi ninguém falar sobre o livro, mas assim que eu li a resenha e vi que se tratava sobre uma menina com problemas eu ja tive vontade de ler, pois sabia que ia ter um dramazinho, ai.
    E eu sou apaixonada por dramas.

    ResponderExcluir
  10. Não sabia que se tratava de uma história veridica, realmente depressão é uma doença bem seria mas tratada por algumas pessoas como frescura..so quem ja conheceu ou passou sabe que não é bem assim.
    O livro pela sua resenha parece ser bem escrito, pretendo lê lo, vai virar filme, adorei a noticia.
    beijos.

    ResponderExcluir
  11. De primeira não tinha gostado da capa mais quando li a resenha parei de não gostar. Sua resenha me despertou bastante interesse pelo livro. Gostei muito pelo fato de que é uma biografia e também porquê conta os problemas de uma menina. Adorei sua resenha!!

    Beijos, Blog Admirando os Livros.

    ResponderExcluir
  12. adorei achei supercriativo . Parabéns pelo blog, é muito Charmoso !
    Gostaria de te convidar pra visitar o meu cantinho Onde Me Sinto Mais Avoltade ;D
    se me seguir/curtir, sigo/curto de volta =D
    Espero vc lá ;)
    ........ Lenbra-se Jamais desista de Seus Sonhos ^_^
    http://raynnefernandes.blogspot.com.br/ ;)

    ResponderExcluir
  13. Nossa, que resenha hein! Primeiro a capa do livro na minha opinião ja nos mostra o quanto sofrida foi a vida de Emma, mas mesmo assim, é uma capa linda! E conforme eu lia a resenha, fiquei mais tranquila em saber que mesmo nos momentos dificeis, a leitura se tornou mas leve pelo tom de humor usado, melhor assim, não estou num bom momento pra leituras tão densas! Quero ler, me emocionar e aprender a lição que nos é dada nesse livro! Bjão!

    ResponderExcluir
  14. Nunca fui muito fã de biografia, mas acabei de ler uma muito boa, que me fez refletir bastante, chama-se Infiel. Enfim, na verdade, nunca tinha ouvido falar desse livro, mas ele me interessou bastante, historias de superação sempre encantam. Fiquei mais incentivada mesmo a ler porque disse que a leitura não fica cansativa, o que na maioria das vezes acontece com esse tipo de livro. Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Eu não conhecia o livro, mas de qualquer jeito quando li esta resenha me vi mais uma vez em meio a lembranças de uma vida sofrida, vivida por uma amiga minha e isso me fez querer ainda mais este livro.
    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Adorei a resenha.... a primeira que leio sobre esse livro. Acho que o livro promete mesmo.... só essa capa que me dá uma agonia!! ehehehehehhe Bjos!

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Oi Regiane tudo bem, conheci seu blog através do twitter estou seguindo vc, adorei seu blog parabéns, eu sou resistente em participar de promoções pois nunca ganho mas achei super interessante esse livro e quem sabe tenho a sorte de ganha-lo.
    Espero vc em meu blog será um grande prazer recebe-la!

    Grande abraço
    Dani Casquet livrosajaneladaimaginacao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Haaa não conhecia esse livro, mas você me deixou morrendo de vontade de ler, sem contar que como é uma caso real, corri no google para ver as fotos da Emma...rsrsrs


    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Já conhecia esse livro, mas não me lembrava nem de sua sinopse. Foi ótimo ler sua resenha - que está muito boa, aliás- e poder conhecer mais da história. Fiquei muito curiosa, tanto que já adicionei-o como futura leitura.
    Bjss
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. O livro possui uma capa magnífica, sem contar que a história parece ser bem fascinante. Como uma amante de música e cinema, amo livros que fazem citações à qualquer um dos dois. Quero muito ler esse livro, e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  22. Nossa, que livro interessante! Tenho certeza de que será comovente se, algum dia, eu conseguir pegá-lo pra ler, o que pretendo fazer. E a resenha foi muito bem escrita.

    ResponderExcluir
  23. ja me conquistou no primeiro parágrafo: Nova York, escritora, jornalista *u*
    tudo a ver comigo, até que chegou na parte da bulimia e automutilação q
    mas parece mesmo um livro ótimo e me interessei em ler

    ResponderExcluir
  24. Já tinha ouvido falar desse livro. Eu realmente quero muito ele! Me identifiquei com ele e tenho certeza que eu vou gostar. Ótima resenha, me despertou a vontade de lê-lo.

    ResponderExcluir
  25. Quase pessei direto por essa resenha. Quase. Adorei a sinopse e a resenha e com certeza vou ler!

    ResponderExcluir
  26. Amei a capa do livro, e o nome me chamou muito a atenção para vir aqui ler a sua resenha!
    Não sabia que era uma biografia, e não sou mesmo muito fã de leituras assim, mas gosto quando acaba fugindo das monotonias.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Hannah - Secrets of Book.

    ResponderExcluir