Postado 25 fevereiro 2013

Resenha: Extraordinário

Por Regiane Cristina S.






Título: Extraordinário
Autor: R.J. Palacio
Nº de páginas: 320
Ano Edição: 2013
Editora: Intríseca









“ Minha mãe me abraçou mais apertado, se inclinou e deu um beijo no alto da minha cabeça. - Eu que agradeço, Auggie - respondeu ela.  - Pelo quê? - Por tudo o que nos deu. Por entrar nas nossas vidas. Por ser você. Inclinou-se de novo e sussurrou em meu ouvido: - Você é mesmo extraordinário, Auggie. Você é extraordinário. 

Assim que coloquei meus olhos na sinopse desse livro, eu imaginei que iria me afeiçoar muito à história, só o que eu não imaginava, é que iria superar minhas expectativas em dobro, em triplo... enfim, que iria acabar com todas as minhas defesas ao ponto de me fazer chorar descontroladamente e de me marcar profundamente. 

August Pullman, mais conhecido como Auggie, nasceu com uma doença rara. Trata-se de uma síndrome genética que lhe causou uma séria deformidade no rosto, ainda quando estava no útero de sua mãe. Por conta disso, desde muito pequeno, ele teve que ser submetido a várias cirurgias e cuidados médicos extremos.

Diante dessa situação, Auggie nunca havia frequentado uma escola antes. Sua mãe era a responsável por suas aulas... até agora. Quando chega o momento disso tudo mudar, ele tem plena consciência de que não será nada fácil começar o quinto ano em um colégio, onde terá que lidar com outras crianças.  Auggie terá como tarefa, provar a todos, que apesar de possuir um rosto diferente, ele é um menino com sonhos, desejos, como qualquer outro.

Extraordinário é mais que um livro especial. Ele é um vendaval de emoções, repleto de muita beleza e sentimento. É praticamente impossível não se render a história criada por R. J. Palacio. Nota-se que foi escrito com muito amor e dedicação. As páginas gritam isso o tempo todo. 

A narração é um dos pontos mais altos dessa obra, pois apesar dela seguir em 1° pessoa, ela é intercalada entre Auggie, seus familiares e amigos. Dessa maneira o livro passou uma visão bem ampla de tudo que acontecia ao redor. O interessante, é que toda vez que ocorria esse revezamento entre personagens e eu me acostumava com determinado narrador - quando eu menos esperava - a bola era passado para outro, e isso me matava de curiosidade para saber a conclusão de seus pensamentos. Essa fórmula resultou em manter a história bem instigante, prendendo totalmente minha atenção.

Foi impossível escrever essa resenha e não me acabar em lágrimas. Sinto-me incapaz de expressar tudo que eu senti com Extraordinário, pois o tema abordado é extremamente tocante, o que me deixa muito emocionada e até dificulta para escrever. A história de Auggie é mais comum na nossa realidade, do que imaginamos. A sociedade é cruel, as pessoas são cruéis. A "perfeição" é quase como uma regra. Se alguém não está dentro desse padrão, pode vir a sofrer muito. 

Eu conheci um "Auggie" e ele foi - e sempre será - uma das pessoas mais especiais que conheci nessa vida. Eu o enxergava além de sua aparência (infelizmente nem todas as pessoas são capazes disso). Sua companhia, seus gestos para comigo ficarão para sempre guardados no meu coração. Ele foi um exemplo para mim e para muitas outras pessoas. A sua aparência jamais foi o limite para conquistar seus maiores sonhos. Então vocês podem imaginar o quanto esse livro ganhou minha estima. 

E não é só o tema que cativa, mas a forma como a autora trabalhou a história. A escrita é simples, porém muito envolvente. Incapaz de dar espaço para monotonia, sem contar que a carga de emoção depositada no livro passa longe de ser apelativa, muito pelo contrário. Apesar de R. J. Palacio explorar muito bem o mundo de Auggie, ela não o coloca como coitadinho para causar pena ao leitor. A autora mostra suas dificuldades ao se deparar com o mundo, mas seu personagem não fica se depreciando. É claro, que como qualquer ser humano, ele acaba questionando sua condição, mas felizmente ele possui uma família amorosa e dedicada que lhe dá forças para lidar com qualquer dificuldade.

Os personagens são muito bem construídos e marcantes, com isso dificulta na hora de escolher quais são os meus preferidos. Auggie é com certeza um dos protagonistas mais encantadores.  Ele é doce e carinhoso e dono de um humor contagiante, sem contar que é fã de Star Wars. E como eu também amo a série, esse detalhe fez com que me conquistasse de vez. A Daisy é a cachorrinha da família Pullman e uma das maiores alegrias de Auggie. Não há como não se render as suas brincadeiras e charme. Eu fiquei apaixonada por ela.

“ Puxei as cobertas até as orelhas e imaginei a Daisy se aninhando junto a mim, sua língua grande e molhada lambendo meu rosto inteiro, como se fosse seu rosto favorito em todo o mundo. 

Os pais de Auggie são super protetores, tanto com ele, quanto com a sua irmã Via, mas isso não parece incomodá-los tanto. O pai não perde uma oportunidade para fazer uma piada, é tão engraçado quanto Auggie. A mãe é como a maioria delas, que sempre age como se estivesse fazendo a coisa certa para proteger os filhos, mas que muitas vezes acaba metendo os pés pelas mãos. Via é uma adolescente que enfrentar qualquer um que ouse a se meter com seu irmão. Apesar das mudanças que ela está passando por conta da idade, é uma boa e comportada garota, que se preocupa muito com seus estudos e amigos. Não é do tipo que se mete em encrencas. E essa é uma das coisas que mais me agradaram nela. Enche o saco de ler livros, onde a maioria dos adolescentes são taxados como irresponsáveis. 

Não tem como conter a empolgação quando se trata dos personagens de Extraordinário. Além de ricos, cada um deles é demasiadamente importante. Summer e Jack desempenham um grande papel na vida de Auggie. Sou suspeita para falar deles, já que eles me cativam desde o início. Justin, o namorado de Via é um tanto peculiar, mas é amável e protetor. Miranda tem um lado estranho, mas no fundo ela tem um bom coração e adora a família Pullman. E eu não poderia deixar de citar o professor de inglês de Auggie: Sr. Browne. Ele ensinou muito aquelas crianças com seus preceitos durante o ano letivo. Foi indispensável na história.

“ Esse preceito significa que deveríamos ser lembrados pelas coisas que fazemos. Elas importam mais do que tudo. Mais do que aquilo que dizemos ou do que nossa aparência. As coisas que fazemos sobrevivem a nós. São como monumentos que as pessoas erguem em honra dos heróis depois que eles morrem. Como as pirâmides que os egípcios construíram para homenagear os faraós. Só que, em vez de pedra, são feitas das lembranças que as pessoas têm de você. 

O livro de R. J. Palacio é condizente ao título: Extraordinário. Posso ficar aqui elogiando e falando, e ainda sim, não será suficiente. Tornou-se tão querido e especial para mim, que já sinto vontade em relê-lo. Eu não só recomendo, como aconselho que todos leiam. É uma história para todas as idades, que vai emocionar até o coração mais duro. 



56 comentários:

  1. OMG, tenho lido muitas críticas boas a respeito da obra e sua resenha me deixou ainda mais curiosa. Li outra resenha na net que já tinha me feito colocá-lo entre os meus livros desejados, então ele está lá... na primeira oportunidade que eu tiver. Compro-o...
    Ele parece um drama e passa uma lição e eu adoro livros assim.

    bjs,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  2. Já imaginava que o livro fosse bom. Estou doida pra ler ele, cada resenha que leio minha vontade aumenta mais e mais.
    Gostei muito da história, tenho certeza que vou me envolver demais com o livro quando o ler.
    Bjos....

    ResponderExcluir
  3. Ótima resenha. Eu tinha uma leve curiosidade para saber do que o livro se trata, e agora, depois de ler essa resenha, sinto que preciso ler o livro.

    ResponderExcluir
  4. Concordo com tudo que você disse. Acabei de ler e estou maravilhada ainda!!!
    Não tem como ler sua resenha e não me apaixonar de novo!!!

    Bjkas

    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Noossa, só com sua resenha eu já tô emocionada aqui! rsrsrs Ahh, quero lê-lo! *---*
    Parabéns, está ótima sua resenha!

    Garotas e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oiie Rê!!! Resenha simplesmente 'Extraordinária' *olha o trocadilho rsrs*
    A princípio não imaginei que o livro tivesse essa carga emocional toda. Pensei que era somente uma historinhas legal e pronto. Mas pelo visto não é. Só ouço comentários ótimos acerca do livro, o que só aumenta minha vontade de ler.
    Com certeza está nas próximas leituras *obrigatórias*

    Abs
    Ronaldo Gomes
    livrosobrelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Me arrepiei com essa resenha. Confesso que quando vi a capa do livro não gostei muito, achei que seria bobinho, e não imaginava que a história seria assim. Depois soube que era um sick lit e fiquei mais curiosa. E agora estou completamente desesperada por esse livro, querendo muito ler, agora se possível.
    A sociedade é muito cruel e temos que saber lidar com ela... Não só crianças, mas todos somos alvo dela todo o tempo, a perfeição é exigida mesmo, você tem que ser bonito, usar roupas de grife e ser inteligente. Mas parece que ninguém vê que tudo isso é apenas um rótulo e é passageiro.
    Gostaria muito de ler esse livro, acho que todos deveriam lê-lo, toda a sociedade para vê se conseguimos acabar um pouquinho com todo esse preconceito e cobrança.
    Ótima resenha. Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    estou doida para ler esse livro, já vi ele lá na livraria varias vezes, mas ele é enorme e caro.
    Acho que o livro deve ser mto bom e sua resenha só comprovou isso.

    ResponderExcluir
  9. A cada nova resenha que vejo meu desejo só aumenta. Gosto de livros que nos da emoção, que nos apresenta uma história de vida. Parabéns pela sua resenha, vc conseguiu transmitir a essência do livro que até fiquei arrepiada.
    Beijos
    brubs
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Primeiramente, ótima resenha. Esse assunto é bem complicado de lidar, adolescentes, conflitos e por aí vai. Por isso é que o livro já ganhou vários pontos por trabalhar essa mensagem. Já tinha lido alguns comentários legais sobre o ele e a capa me encantou de um forma estranha. Me interesso por esse tipo de livros. Espero ler em breve : )

    ResponderExcluir
  11. Fico me colocando no lugar de Auggie, como será o dia-a-dia desse jovem?... Sei que não parece ser nada fácil, ainda mais com a sociedade rebelde de hoje, o bullyng sempre presente. O legal do livro pelo que vi, é os vários pontos de vista, onde cada um aponta sua opinião... Acho que por ser um livro tão especial devemos ler com calma e com carinho. Devo estar falando asneira, mas essa é a minha opinião, não devemos só ler o livro e emocionar com a história linda criado por Palacio, devemos aprender e praticar o que foi ensinado no livro. Eu ainda não li mas tenho minhas curiosidades. A cada resenha fico mais louco pra ter esse livro em mãos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Eu estou encantadíssima por essa história mesmo sem ter lido ainda, somente pelas resenhas, principalemte a sua, diga-se de passagem, muito bem escrita e sincera, conseguiu demonstrar o quanto vc adorou o livro, parabéns!
    Eu estou louca pra ler!
    Bejos!

    ResponderExcluir
  13. Não estava lé muito animada com o livro, mas Caramba! O jeito que você falou dos personagens - de uma forma tão especial. Já estou vendo as lágrimas que vão surgir lendo esse livro, que parece ser incrível! Mal posso esperar para lê-lo!

    ResponderExcluir
  14. Eu adoro esse livro! Já li várias resenhas e quanto mais leio mais me apaixono. Acho a história encantadora e interessante. Adorei a resenha e espero lê-lo!
    Beijos (:

    ResponderExcluir
  15. Conheci esse livro por uma matéria incrível, e me apaixonei logo de cara, afinal, quem nunca sofreu algum tipo de preconceito na vida, é claro que infelizmente algumas pessoas, como August, sofrem muito mais, e acho que a historia é incrível por nos fazer pensar nisso e por colocar esse ponto de vista através de uma criança, que é tão inocente e tão amável. Com certeza uma prioridade de leitura.

    ResponderExcluir
  16. Fiquei encantada com a resenha, com a história, com o personagem... enfim, um livro que trata um assunto bem atual, acho que vale muito a pena ler... eu pelo menos, fiquei bem curiosa!

    ResponderExcluir
  17. To sentindo cheiro de Livro novo em casa, Extraordinario vai ser o proximo com certeza, amei a história!!!

    Estou acompanhando vc no blog e twitter!!!

    Blog: livrosajaneladaimaginacao.blospot.com
    fan page: https://www.facebook.com/ajaneladaimaginacao
    Twitter: @DaniCasquet

    ResponderExcluir
  18. Já se falou tanto desse livro na blogosfera mas é a primeira resenha que me toca tanto. Você realmente se emocionou com esse livro. Eu não sabia que era escrito na primeira pessoa mas intercalando os personagens. Assim é bom, pois dá oportunidade de sentir cada um. Amei sua resenha, mostrou bem os personagens, como cada um é. Louca para ler esse livro.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  19. Já li várias resenhas sobre o livro,e sempre que leio mais uma, fico mais interessada!!!
    Quero muito esse livro!!! =D

    ResponderExcluir
  20. Só de ler as resenhas e comentários do pessoal, esse livro está me conquistando assim como A Culpa é das Estrelas me conquistou sem nem ter lido ainda! O tema me atrai por si só, essa questão do diferente, da quebra de paradigmas, da aceitação do outro. É um livro que quero ler com certeza.

    Bj, Livro Lab

    ResponderExcluir
  21. Acabei de ler o ebook e esse livro é lindo, a mensagem q ele nos passa faz qualquer um repensar sua propria vida, q realmente vale a pena viver, se reclamamos por coisas tão bobas sendo q temos quase tudo.. Ótima resenha

    ResponderExcluir
  22. Mais um pra me fazer soluçar a noite e molhar o travesseiro, gosto de livro que me emociona, que me faz pensar no que tem ao meu redor , autores que são sensíveis o suficiente para te tirar do comodismo é sem dúvida extraordinário !

    ResponderExcluir
  23. Pelo que li em sua resenha, acho que o nome ficou perfeito a história contada.
    Não precisei nem ler o livro para me encantar com Auggie, e não só com ele, a descrição dos demais personagens também são encantadores.
    Adorei saber também que, apesar dos obstáculos enfrentados por Auggie a autora não o depreciou, acho importante ver um personagem forte e cada vez se superando, sabendo que os momentos questionamentos são apenas passageiros.
    Tenho certeza que esse livro será bem marcante e já estou empolgada para ler!
    Obrigado pela resenha cheio de detalhes! =D

    ResponderExcluir
  24. A historia é muito comovente, eu acho que raramente vejo livros que tratam como tema principal o preconceito.

    Ah quero perguntar o August vai se apaixonar?

    ResponderExcluir
  25. Eu tô doida pra ler!
    O livro deve ser lindo e com certeza vou me emocionar muito lendo! rs
    To encantada pela história e quero ler em breve!

    ResponderExcluir
  26. Extraordinário é um livro que quis ler desde que vi seu lançamento, embora a capa do livro não chame a atenção. a história é interessante e me interessei muito por ela.

    ResponderExcluir
  27. Este é um dos livros que estão na minha lista para 2013. Li a sinopse e vi que era um livro diferente, pois tratava de uma história nova, totalmente diferente do que já conheci, e ainda, com sua resenha, tive a certeza que é realmente um ótimo livro.

    ResponderExcluir
  28. Muito interessante esse livro! Adoro histórias de superação e provação. Pretendo ler e com as expectativas bem altas!
    Muito boa a resenha

    ResponderExcluir
  29. Esse livro tem sido super elogiado e como não podeia deixar de ser o meu desejo de lê-lo só tem aumentado a cada resenha que vejo. Parece que todos os elogios são realmente merecidos, pois mais do que uma boa história de superação, o autor nos apresenta personagens totalmente cativantes e uma narrativa cheia de emoção.

    ResponderExcluir
  30. Ótima resenha ^^ Tenho só lido resenhas positivas sobre esse livro e consequentemente minha vontade de lê-lo só aumenta a cada dia mais. Ou melhor, ele já esta nos desejados desde do momento que assistir o Book Trailer dele.

    http://maisquelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Esse livro é daquelas leituras que não pode faltar na nossa bagagem... Os trechinhos do livro, as resenhas, tudo, tudo, me faz imaginar o quão mágico e extraordinário é o livro. Quero demais ter a oportunidade de lê-lo!

    ResponderExcluir
  32. Quando vi seu lançamento no Skoob, logo já me apaixonei por ele. E depois quando o 'especulei' um pouco mais, fiquei louca para lê-lo! Principalmente por causa do '' Não julgue um Menino pela Cara''.. Mas enfim, sua resenha está ótima! Só aumentou minha vontade, parabéns mesmo, de verdade!!

    ResponderExcluir
  33. Eu já vi muitos blogueiros comentando sobre esse livro, e depois que li sua resenha aqui no blog fiquei ainda mais curiosa e ansiosa para ler esse livros.
    Amei os trechinhos do livro ♥ Muito amor

    ResponderExcluir
  34. Esse livro não tem outra definição que não seja Extraordinário, é maravilhoso, li emprestado de uma amiga, e estou doida pra ter um pra mim, me emocionei e aprendi muito com essa leitura.

    ResponderExcluir
  35. Li e amei o livro. A autora nos contou uma história delicada, um tanto triste, mas de uma maneira tão suave e bonita que envolve o leitor do início ao fim. Fiquei apaixonada pelo Auggie e sua família, seu drama e ao final, fiquei com saudades. Vale muito, recomendo.

    ResponderExcluir
  36. Moça, pela sinopse e por todas as resenhas super positivas que eu li, só me dá ainda mais curiosidade de ler o livro e apenas confirma o quanto o livro é especial e extremamente tocante. Acho que é o tipo de livro que todo mundo deveria ler, especialmente os que acham que a aparência física é o que mais conta numa pessoa.

    Adorei a sua resenha. Acho que, se eu tiver a chance de ler o livro e resenhar, minha resenha será tão emocionada quanto a sua.

    Um abraço!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  37. Quero muito ler esse livro. Que história mais emocionante e envolvente. Amo o tema abordado no livros, esse tipo de história que remete muito à realidade. Louca pra ler logo *-*

    ResponderExcluir
  38. Oi Re
    Só de ler sua resenha já fiquei de coração apertado! rs
    Eu já estava bem curiosa para ler esse livro, agora EU QUERO MUITO E PRECISO! rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  39. Gosto de livros de superação, e Auggie é um campeãozinho não é fácil alguém com uma deficiência enfrentar principalmente outras crianças, é nessa idade que elas não tem percepção e dai começam os apelidos bobos...Enfim..\Estou louca pra ler este livro, parabéns pela resenha e pelo blog. bjos!

    ResponderExcluir
  40. O que eu gostei nesse livro foi a propaganda. A frase que eles colocaram, fez uma analogia fantástica em relação a história. Tenho lido muitas resenhas positivas em relação a esse livro, e posso dizer que estou bastante curioso pra ler. E sabendo que as personagens também são boas, minha vontade aumentou mais ainda.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  41. Livro muito bem falado... quero ler faz teeeempo!
    Gosto da narrativa intercalada, assim temos uma visão de todos os personagens.
    É uma boa leitura para dar um choque de realidade, assim damos mais valor no que temos e reclamamos menos dos problemas. ;)

    ResponderExcluir
  42. Adorei o livro,achei a capa e a sinopse muito bonita. Teve momentos que eu chorei com o livro, vi que esse livro de uma forma sutil nos traz preceitos muito bonitos e sendo assim não é a toa que ele seja extraordinário. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  43. Confesso que já acha que o livro era bom só pela capa, mas li e reli várias resenha sobre ele.
    Espero ganhá-lo, pois ele sempre está caro nas livrarias, e eu quero muito ele. @.@

    ResponderExcluir
  44. Já ouvi falar muito desse livro, e a sua resenha só me deixou com mais vontade de lê-lo (se eu não ganhar a promoção, com certeza vou comprá-lo!). Eu sei que as situações são completamente diferentes, mas se algum dia eu tiver um filho, quero educá-lo em casa. Parece ser a coisa tão certa a se fazer, mas talvez seja só bobagem da minha cabeça, hahah.
    A capa não é uma daquelas que eu vejo em uma livraria e penso: wow, tenho que ter esse livro na minha estante. Mas a resenha faz com que eu esqueça do estilo da capa.
    Acabei de conhecer o blog, parabéns, gostei muito (:
    xx

    ResponderExcluir
  45. A própria temática abordada no livro já é por si só interessante! Todas as resenhas que já li a respeito da obra me fizeram perceber a escrita da outra colabora ainda mais para conquistar os leitores.

    ResponderExcluir
  46. Minha vontade de ler só aumentou.Eu amo livros que como este fazem a gente pensar no real sentido da vida,e acredito que se todos aceitassem as diferenças o mundo seria extraordinário *-*

    ResponderExcluir
  47. De uma coisa eu sei, quando começar a ler o livro irei chorar horrores, sempre quando a historia é nesse estilo eu choro. Enfim desde quando a capa do livro foi divulgada fiquei BEM curiosa com ele, naoo vejo a hora de poder conhecer um pouco mais o August e repensar em algumas coisas.

    ResponderExcluir
  48. Juro que só lendo a resenha me emocionei! Adoro livros que tem várias partes com pensamentos de personagens diferentes, não sei porquê mas gosto muito. Já tinha lido algumas criticas bem positivas sobre "Extraordinário", mas nunca tinha procurado resenhas, sobre ele. Pra falar a verdade nem a sinopse dele tinha lido! Mas cheguei aqui, e fiquei com gostinho na boca de quero mais. Lembrei também de "A culpa é das estrelas", talvez o nome do personagem tenha me lembrado. Mas pelo que li, o livro sem dúvidas é emocionante e nos faz repensar nas coisas, atitudes. Foi isso que aconteceu comigo, lendo "A culpa é das estrelas", sem contar nas lágrimas que derramei.

    ResponderExcluir
  49. Eu tenho uma super vontade de ler esse livro, só vejo comentários e positivos e a sua resenha foi de fato emocionante. Muito linda, só dá mais vontade de ler kkkk Eu imagino o quanto a autora deve ter sido brilhante por tratar tão bem de um tema tão delicado. Eu nunca conheci (convivi) com um "Auggie", realmente, essas pessoas devem passar por muitas dificuldades, mas espero que elas sejas tão extraordinárias quanto (: Gostaria de poder refletir com essa história.. um dia lerei, com certeza.

    ResponderExcluir
  50. Estou desejando este livro desde a primeira vez que eu o vi, e um dos que mais quero comprar , so pela sua resenha eu já me emocionei imagine pelo livro então,este livro me chama muito a atenção,quero muito ler.

    ResponderExcluir
  51. Assim que eu li a sinopse de Extraordinário eu também soube, como você, que iria me afeiçoar a história (Não o li ainda, mas tenho certeza que vai se tornar um dos meus preferidos. Na verdade já se tornou). Estou de olho nele desde que foi publicado e só leio críticas super positivas. Livros que abordam temas que fazem críticas à sociedade hipócrita em que vivemos me despertam logo a vontade de ler e Extraordinário não poderia ser exceção né? Sei que vou chorar rios já que sou sentimental e apegada demais à personagens cativantes. Preciso ler logo Extraordinário! Pra ontem! Hahaha :3

    ResponderExcluir
  52. Cara, essa resenha ficou muito perfeita!! Eu estou maluca pra ler esse livro minha prima contou que é um livro incrível e a sua resenha me deixou com gostinho de "quero ler"... Realmente preciso ler esse livro! hahahahaha

    ResponderExcluir
  53. Eu já estava completamente apaixonada pelo livro quando eu li a resenha e agora mal posso esperar para lê-lo. Ele trata de um assunto bem diferente dos livros que leio e até estranhei quando este me chamou a atenção, mas espero que eu ganhe para poder matar minha curiosidade de tudo que acontece nele.

    ResponderExcluir
  54. Preciso muuito ler esse livro,estou morrendo de curiosidade euheuhe

    ResponderExcluir