Postado 14 fevereiro 2012

Resenha: Os Carpatos - Príncipe Sombrio

Por Regiane Cristina S.





                         

Título: Os Cárpatos: Príncipe Sombrio 
Autor: Christine Feehan  
Nº de páginas: 486 
Ano Edição: 2011 
Editora: Universo dos Livros







“ Sua garganta se fechou. A voz dela, preenchendo sua cabeça, era delicada, musical, sexy em sua inocência. Mikhail não sentia nada há séculos; seu corpo não havia desejado uma mulher em centenas de anos. Agora, ouvindo a voz dela, a voz de uma humana, ele estava impressionado com o fogo nas próprias veias.

A história do livro descreve sobre Os Cárpatos: um povo com uma sabedoria sem igual, que possui poderes incríveis - eles têm a capacidade de se transformarem em lobos, corujas, etc, além de se comunicarem mentalmente entre eles, com seres humanos e até mesmo com os animais.

Essa raça ancestral é liderada pelo Príncipe Mikhail Dubrinksy: o qual andava desesperado, com medo de se perder para sempre na escuridão, pelos anos vivenciados de pura solidão. No mesmo momento que sua esperança se esgota, ele é resgatado das trevas pela bela voz, cheia de amor e ternura de Raven Whitney. Uma jovem delicada e gentil, que através do incrível dom de telepatia que possui, sempre ajudou na captura dos mais terríveis serial-killers.

Quando Mikhail e Raven se conhecem, eles instantaneamente se sentem atraídos um pelo outro e por conta disso, torna-se impossível de resistir aos desejos de suas almas. Mas essa união promete ser perigosa, pois forças sombrias tentarão de todas as formas destruir esse amor. Será que mesmo sendo de mundos tão diferentes, um Cárpato e uma humana poderão vencer todas as barreiras e construir um futuro juntos?

Quando eu vi que a editora Universo dos Livros iria lançar esse livro, eu fiquei super empolgada para lê-lo. Apesar de ter gostado da leitura, infelizmente não superou minhas expectativas, mas de qualquer forma, fiquei curiosa para ler a continuação da série.

A narração de Christine Feehan é bem desenvolvida e rica e detalhada. Por ser em 3° pessoa, o leitor tem o privilégio de ver a história em visões diferentes, isto é, do ponto de vista de mais de um personagem. Os diálogos entre Mikhail e Raven que me incomodaram um pouco, pois tive a impressão - em diversas ocasiões - de soarem um tanto forçados, além disso, no início do livro, eu fiquei confusa por eles se comunicarem apenas por telepatia, portanto eu tive que reler para entender o que estava se passando. Depois eu me acostumei.

A maioria dos personagens é agradável e me chamaram a atenção. Raven é doce e tem um coração enorme, porém me irritou praticamente o tempo todo, por ser tão teimosa e estar sempre se metendo em perigo. Mikhail é misterioso, sedutor e totalmente apaixonante, mas ao mesmo tempo bastante obsessivo. É a maneira que ele tem como proteger as mulheres - já que elas representam a luz para o seu povo - mas me incomodou um pouco. Gregori é até mais fiel aos seus costumes, porém ele tem um charme que é até difícil de explicar. Pelo que eu andei lendo sobre a série, ele vai ter um destaque maior no 4° livro. Não tenho muito o que falar de Jacques, pois não apareceu tanto quanto eu gostaria, mas o que a autora apresentou sobre ele, me fez admirá-lo. O inimigo principal me deu nojo, de tão maldoso e repugnante que ele provou ser, mas tenho que admitir que a autora o construiu muito bem.

Eu achei que o romance entre o casal de protagonistas aconteceu muito rápido. Eu sei que se sentiram atraídos imediatamente, que o desejo entre eles é até surreal, mas mesmo assim, eu preferia que Raven tivesse sido um pouco mais "difícil" e que Mikhail ralasse nem que fosse um pouco, para conquistá-la - mesmo ele tendo um poder de sedução sobre-humano. 

A revisão do livro ficou muito a desejar. Eu encontrei diversos erros que me deixaram espantada, além disso, dificultou muito a leitura e a compreensão de algumas partes. Já li outros títulos da editora, mas nenhum outro chegou a ponto de ter essas falhas em relação à diagramação.

As cenas que envolvem ação, são esporádicas, mas quando ocorrem, são capazes de prender totalmente a atenção, pois são bem intrigantes.  O relacionamento de Raven e Mikhail é o foco principal da história, portanto o romance vivenciado no livro é completamente caliente - com descrições de sexo explícito. Só que não se preocupem, pois não são vulgares. A autora tomou cuidado quanto a isso. Em todo caso, eu não recomendaria para menores.

Umas das coisas que mais me chamaram a atenção, foi a mitologia que a autora criou em torno dos Cárpatos: A sensibilidade que eles possuem em relação a natureza, o poder de contato com animais e o quanto eles valorizam suas mulheres. Feehan sabe onde está pisando quando se trata de temática sobrenatural. Ela é bem criativa, e deve ser muito mais além do que eu possa imaginar, já que essa série conta com mais de 20 livros. Só não sei, se consigo acompanhar algo tão longo, até o fim.

Nota final:



17 comentários:

  1. Eu não sei se fico feliz ou triste por estar lendo resenhas não tão positivas sobre o livro. O lado bom é que a tentação diminui, e o bolso fica até sorridente, mas por outro lado bate aquela curiosidade para saber qual seria minha opinião afinal.
    A história parece interessante, o romance entre um ser sobrenatural e uma humana pode render bem, ainda mais quando existe uma força sombria tentando impedir isto.
    Acho que acabarei investindo na leitura deste livro para tirar a minha dúvida, afinal a história parece ter aspectos positivos como a boa construção dos personagens e da cultura dos cárpatos, assim como as cenas de ação, que apesar de esporádicas, você diz ser capazes de prender a atenção.
    Realmente uma série longa como essa me deixa até assustada... 20 livros é coisa demais e eu confesso que tenho tentado de todas as formar fugir das séries para não ficar morrendo de ansiedade para saber o final...

    ResponderExcluir
  2. beeem, esse rokace já está na minha lista, vc ó reforçou um pouco! Quero muito!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Resenha DIVA \o/

    Então, estou ansiosa pra ler esse, todo mundo fala dele, e eu estou apaixonada pela história!

    Mas pena que é caro =(

    Eu já sabia que a série era longa, pra mim 20 livros é um exagero, mas pelo que eu soube os livros não precisam ser lidos em sequência. Vejamos, pode ser mais simples assim.

    beijo beijo

    ResponderExcluir
  4. É um pouco difícil falar de um livro que ainda não li, mas a tentação é grande, começando pela capa que é linda, e depois a história em si é bastante chamativa, um tanto diferente. Tenho certeza que vou gostar quando ler!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Rê!
    Depois que li seus comentários no twitter fiquei doida para ler este livro, já está aqui na pilha ;)
    O grande problema é a quantidade de livros, isso da uma desanimadinha básica. Mas vamos ver, quem sabe eu nem gosto tanto assim hehehe.
    A resenha ficou ótima, adorei.

    Beijos
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  6. Estou lendo o livro agora, estou gostando, mas ele não ta me despertando taaanta curiosidade para não largar e tal... E eu tinha terminado de ler a página 50 e ia escrever um resuminho num papel para depois escrever a resenha do blog, mas eu me dei conta que nem sabia como eles tinham se conhecido, fiquei muito confuso com a "telepatia" do começo também. E até agora achei isso meio estranho... rs E dá um desânimo pensar que há taaaantos livros na série, né? haha Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Esse livro já ta na minha lista de leitura, há algum tempo, mas ainda não tive oportunidade de ler. Depois de ler sua resenha fiquei ainda mais curiosa.
    *bye*

    Louca por romances

    ResponderExcluir
  8. Eu amo a capa desse livro. Foi o que me chamou atenção de cara. E quando li a sinopse dele me encantei com a história. Quero muito ler ele quando a oportunidade chegar. Preciso ler ele! Ah eu preciso!

    ResponderExcluir
  9. Oi Rê,
    Gostei em partes do livro. A mitologia criada em torno dos Cárpatos é fantastica, mas também achei que os diálogos entre os protagonistas meio forçado. E sei lá, tudo aconteceu muito rápido.

    O que ficou em aberto para o proximo livro não é algo que me prende ao livro.Acho que tudo poderia ter sido resolvido nesse livro, mas enfim..
    Agora é esperar.rsrs

    bjinhuxxx
    Eu li e Divulgo

    ResponderExcluir
  10. ohhh não tinha visto esse liro ainda, mas ele parece ser mtoooo bom. Adorei a resenha!!

    ResponderExcluir
  11. Sua resenha ficou otima, eu gostei muito do livro, mas tambem achei que o romance entre os protagonistas aconteceu muito rapido!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. ui! esse eu quero ler com certeza! estou com muitas leituras atrasadas, se não começava hoje mesmo! parece lindoo! bjs

    ResponderExcluir
  13. Estou com muita vontade de ler esse livro, mas ninguém recomenda para menores... Mas eu já li outros livros que tem essas partes, e não tenho nenhum problema.
    Mas não sei se vou ler... Quem sabe eu ache ele em promoção, haha e compre.

    Beijos,
    Mandi - Book and Cupcake.

    ResponderExcluir
  14. Essa série não me desce.
    1: eu não gostei da capa;
    2: Tem muito erro no livro, infelizmente a editora pecou na revisão.
    Acho que o mercado está saturado de vampiros, lobisomens e etc... Estamos precisando de algo Novo.
    Tanto que quando li o livro Maldição do Tigre eu achei fascinante já que ele é diferente de tudo que já li até hj.

    Abraços,
    http://www.vidadeleitor.com/

    ResponderExcluir
  15. Ah.. desde que vi esse livro eu fiquei com vontade de ler.. A história parece boa.. Ainda quero lê-lo .. Mais vou ter que esperar um tempo, tenho muitos para ler aqui! =/

    ResponderExcluir
  16. Que capa tentadora, haha!
    Deve ter um ótima estória. Espero poder ler em breve!

    Beijinhos, Bia.
    velha-estante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. eu ainda quero ler, apesar da resenha, sei la é do estilo que eu gosto e sinto que eu não vou me decepcionar

    ResponderExcluir