Postado 13 janeiro 2012

Resenha: A Herdeira

Por Regiane Cristina S.





Título: A Herdeira
Autor: Mariana Ribeiro
Nº de páginas: 170 (manuscrito)
Ano Edição: sem previsão
Editora: Ainda não publicado








Maria Luisa Callaghan (ou apenas Natalie) é uma mulher de fibra e tanto. Apesar de muito jovem, ela é considerada uma peça muito importante na alta aristocracia brasileira. E mesmo sendo madura e tendo uma visão diferente das demais garotas da sua idade, os sonhos românticos não foram deixados de lado. Natalie é apaixonada pelo major Martim Afonso Almeida e mesmo tendo a consciência de que para ficarem juntos, terá que enfrentar um grande desafio – por conta da sociedade da época - mas ela não desistiria nunca. Fará o que for possível para que isso aconteça.

Em meio a esse romance proibido, temos um cenário conturbado pela Guerra do Paraguai. Segredos que serão revelados. Ganância e ambiciosidade extrema trarão desgraça e sofrimentos alheios. Uma rede de intrigas que parece não ter fim.

Antes de qualquer coisa, eu gostaria de agradecer a Mariana pela oportunidade e o privilégio de ser convidada a participar do booktour de A Herdeira. Foi um prazer apreciar sua obra. É notável o seu talento como escritora, pois ela escreve muito bem. É claro que isso é óbvio para quem já conhece ela como resenhista em seu blog, mas em seu livro, eu ouso a dizer que é bem diferente e muito mais interessante - o que resultou em um bom trabalho.

Adorei Maria Luiza, ela é uma protagonista digna de aplauso. Dona de uma personalidade forte e marcante. É totalmente determinada quando se trata dos seus ideais, mesmo que isso custe ter que desafiar a alta aristocracia brasileira. Apesar de sua coragem e suas ideias avançadas - diante das demais mulheres de sua época - ela também é muito sonhadora, pois é muito apaixonada pelo major Martim.

Falando no par romântico de Maria Luiza, tenho que dizer, que ele não me cativou. Achei-o meio apagado, e o romance entre ele e Natalie, superficial. Confesso que de início eu torci por eles, porém quando ocorreu uma enorme reviravolta na história, isso ficou em segundo plano. E como nessa parte, o major quase não apareceu, eu nem senti falta dele.  Além disso, eu achei que faltaram detalhes sobre o casal: como o amor entre eles, nasceu.

Ao contrário da minha opinião sobre Martim, eu adorei o Duque de Westminster. Apesar de ele ser um homem totalmente cheio de caprichos e que não sabe perder, gostei demais da sua personalidade.  Estou torcendo para que na continuação da série, ele venha a ter uma chance com Natalie.

Em geral a história me agradou bastante. Eu sinceramente gostei muito do resultado. A reviravolta ocorrida foi muito inesperada por mim. Deixou-me bem surpresa e satisfeita.  E quanto ao conteúdo histórico aplicado em A Herdeira, só tenho que parabenizar a autora. É muito admirável e rico. É totalmente perceptível a sua dedicação em pesquisas sobre os acontecimentos daquela época.

Adorei A Herdeira, e com certeza vou querer ler a continuação. Lamento pelo livro não ter sido maior, pois não seria nada chato - mas ao contrário - pois a temática é muito interessante. Recomendo!


Nota final: 

13 comentários:

  1. Não vejo a hora de ler A Herdeira!
    A Mari tem mesmo muito talento escrevendo e acho muito legal a ideia de um romance histórico brasileiro, sem contar que a parabenizo por isso, porque não é fácil, depende de muita pesquisa!
    Acho que a opinião sobre o romance foi unânime em todas as resenhas que li!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. como sempre... amei a resenha, Rê! Se for por escrever bem resenha, você também já pode publicar um livro =D

    A história parece ser bem interessante, mas não é exatamente o que gosto de ler.
    O livro realmente é bem pequeno, né?! 170 páginas deve deixar muita gente com vontade de saber mais da história...
    Espero que a Mariana consiga publicar o livro, já que, pelo que parece, ela é talentosa! ;)

    ResponderExcluir
  3. Olá, Rê!!
    Muito obrigada pela participação no BT do manuscrito e fico muito feliz em saber que apreciou a leitura.
    Eu percebi que a opinião geral sobre o Duque é bem positiva e que a relação dela com o Major não agradou rs. Na continuação, certamente vou priorizar a sugestão vocês!
    Não imaginava que este personagem fosse ser tão querido entre os leitores rs. Isso é bom, já que não pretendia criar um vilão detestável rs.
    Adorei a resenha e sua sinceridade!
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  4. Poxa , sabe que as vezes eu nem acredito que é florzinha blogueira , vindo de gente como a gente quem escreveu este livro. Fico contente por isso. Mesmo!!! Mostra ue todo mundo pode chegar aonde quiser!!!

    ÚLTIMO DIA PARA INSCRIÇÕES DO SORTEIO "JULIETA IMORTAL"
    Inscreva-se: Imaginayre.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Estou lendo e curiosa para saber ql é a reviravolta:D

    Beijos,
    Lariane - Leituras & Devaneios

    ResponderExcluir
  6. Oi Rê!!!

    Nossa, quanto tempo! Saudade de comentar aqui! :) Saudade dos seus posts!

    Eu estou louca pra ler o livro da Mari. Eu fiz minha inscrição para o BT desse livro que ela vai organizar esse ano. Eu estou lendo o outro livro dela "Menina Veneno", e estou gostando bastante! ;) Sua resenha me deixou ainda mais curiosa pra conferir o livro da Mari! *_* Adoro romances históricos e nunca li nenhum brasileiro, vai ser uma surpresa e tanto. Pelo que vi o livro tem tudo pra me agradar também.


    Beijos, Rê! ^_^
    Amanda || Lendo&Comentando

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito de conhecer um pouco mais sobre A Herdeira e as impressões sobre ele. Já tinha vontade de ler (porque já conheci a Mari e fiquei super fã dela!), mas agora mais ainda. O que eu puder fazer para ajudar a divulgar esse livro, pode contar comigo, Mari! (você já sabe!).
    Regiane arrasou na resenha! Parabéns!

    Beijocas,

    Lu
    www.equinocioaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. AH Rê,
    sua resenha tá linda! A Mari tem mesmo talento e é verdade que faz resenhas mt boas ^^
    E sim, A Maria Luisa-mil-sobrenosmes é super boa protagonista pq é forte e não fica de mimimi... Claro que vc está no team duque né, porque convenhamos, é verdade que o Major ficou meio apagadinho... Realmente foi mt bem desenvolvido!

    Agora quero saber quais serão os próximos acontecimentos nessa historia!

    beijoss
    Evellyn!

    ResponderExcluir
  9. Esse livro parece ser bem legal, mas eu não gosto de históricos então não tenho vontade de lê-lo, mas que a autora escreve bem eu já pude ver nas resenhas dela e no primeiro capitulo do livro, espero que ela consiga uma editora e tenha muito sucesso!!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu sigo o blog da Mariana e a acompanho pelo twitter, mas ainda não tinha lido nada sobre "A herdeira". Gostei muuito da resenha, e o livro parece ser bem legal!*.*

    Ouvi comentários bem parecidos com o seu, todos elogiando e dizendo que apenas sentiram falta do romance... e a amei dizendo que no segundo isso não vai faltar ^.^

    Também estou torcendo para que ele seja publicado :)

    E digo novamente, a resenha está muuuuuito boa, adorei!!

    :*
    @Leitora1
    www.aoleitor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Fico cada dia mais feliz com a literatura nacional quando vejo uma resenha dessas. Fiquei bastante curiosa sobre a história de A Herdeira, apesar de ser uma série e eu estar tentando fugir delas (estou sendo mt mal sucedida, rs).
    Esse lance de triângulo amoroso é uma coisa, fiquei aqui pensando por quem eu acabaria torcendo, eu sou mestre em escolher aquele que se ferra e um prêmio de consolação é dado para ele. rs
    Espero ter a oportunidade de ler mais sobre este livro e quem sabe lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  12. Esse não é meu estilo de leitura favorito, mas depois de uma resenha dessa fica difícil não ter vontade pelo menos de dar uma espiada....srsrsrr
    Pena ainda não terem lançado o livro físico, não sou muito fã de e-books e manuscritos, mas se é bom, creio que deve compensar....srsrsr


    Abraços,
    http://www.vidadeleitor.com/

    ResponderExcluir
  13. Eu já tinha lido uma resenha desse livro e estou torcendo para que Mariana possa publica-lo.

    ResponderExcluir