Postado 12 novembro 2010

Sugestão de Leitura #02

Por Regiane Cristina S.

Olá, pessoal!

Hoje estarei indicando um livro que li alguns meses. Eu vi esse livro pela primeira vez no Skoob, e ao ler a sinopse eu fiquei bem interessada, mas apesar disso, pensei que poderia ser meio infantil, mas mesmo assim não contive a minha curiosidade. Quando vi que o autor se inspirou em Edgar Allan Poe - que eu amo - eu pensei: Eu quero! Trata-se do livro Contos de Terror do Tio Montague pela autor Chris Priestley, lançado aqui pelo selo Pavio da editora Rocco.
  
Chris Priestley nos apresenta uma obra maravilhosa e arrepiante nesse livro, que contém onze macabros contos - e o mais curioso e bizarro, é o do protagonista da história, isto é, do “Tio Montague”. Outros destaques ficam para "A Des-porta", "Poda de Inverno" e "A Moldura Dourada". Os demais são tão bons quanto esses citados, porém esses são meus preferidos.

Não acho que é um livro para crianças, mas para adolescentes pois é um pouco assustador. Recomendo também aos adultos que adoram um bom conto, assim como eu.

Além do enredo, outra coisa que adorei e me deixou fascinada, foi a arte da capa e as ilustrações interiores, criadas por David Roberts. Enfim, leiam! Vale a pena, é um livro muito divertido e também assustador!


Confiram a sinopse abaixo.



Título: Contos de Terror do Tio Montague
Autor: Chris Priestley
Edição: 2008


Sinopse:  Contos de terror do tio Montague é o sétimo livro de Chris Priestley, escritor, cartunista e ilustrador britânico cuja obra foi publicada tanto pela Bloomsbury Publishing – mesma editora da saga Harry Potter, escrita por J. K. Rowling – quanto pela gigante Random House. Primeiro livro de Priestley a ser publicado em português, Contos de terror do tio Montague chega ao Brasil pelo selo Pavio, da Editora Rocco, e promete captar a atenção da garotada com sua atmosfera sombria e elegante, resultado do casamento perfeito entre o texto afiado de Priestley e as charmosas ilustrações de David Roberts, na melhor linha dos clássicos de suspense.

O interesse de Chris Priestley em histórias arrepiantes vem desde sua adolescência. Pelos nomes dos dois principais personagens do livro, é possível verificar as influências do autor ao escrever a obra. Tio Montague e seu sobrinho, Edgar, tiveram seus nomes inspirados por dois grandes escritores de imortais linhas macabras: M. R. James (Montague Rhodes James) e Edgar Allan Poe. Seguindo os passos de James e Poe, o estilo narrativo de Priestley e os elementos usados nos contos são clássicos. Casas mal-assombradas, pactos com demônios, monstros estranhos, relíquias amaldiçoadas e uma cornucópia de sons e vultos que arrepiam a alma fazem de Contos de terror do tio Montague um bom exemplo de literatura de terror para jovens, mas com um toque de nostalgia para os adultos.

O livro conta a história de Edgar, um menino que se refugia na casa de seu excêntrico tio para ouvir suas histórias arrepiantes. Com pais que não dão muita importância para sua presença, Edgar procura o tio para passar o tempo, pois sua curiosidade em ouvir histórias horripilantes é tão grande quanto a vontade do tio de contá-las. Para Edgar, os contos são apenas invenções fantasiosas do velho tio. Mas para Montague, são contos que deveriam não somente assustar o sobrinho, mas ensiná-lo que, quando o assunto é o além, todo o cuidado é pouco.

Em uma espécie de metalinguagem, o leitor é apresentado aos contos assim como Edgar. A cada história contada, a principal e que une todas como uma detalhada tapeçaria – entre o tio e Edgar – fica mais misteriosa. Ora é um mordomo que traz a bandeja com o chá, mas nunca aparece, ora é a estranha presença que Edgar sente estar o observando. “Existe alguém mais vivendo aqui, tio?” Edgar pergunta ao ouvir a maçaneta chacoalhar na porta, e a resposta, embora simples, não é otimista, mas um tanto quanto ambígua: “Vivendo? Não”, responde o tio.

A narrativa de Contos de terror do tio Montague fica cada vez mais densa à medida que o tio Montague escolhe histórias mais assustadoras para contar a Edgar. Embora a narrativa seja leve e feita para ser lida em voz alta, os temas de cada conto são bem macabros e assustadores. Mas, segundo Chris Priestley, essa é a idéia, pois o autor espera que seus contos assombrem os leitores assim como os de James e Poe o assombraram.


Até a próxima sugestão de leitura!


29 comentários:

  1. Aiii adorei!

    Adoro historias infantis, adoro contos e adoro historias de terror. Imagina tudo junto?

    E a capa? Que luxo, bem ala Tim Burton né? *-* #AMO

    Adorei a resenha beijoos =D

    ResponderExcluir
  2. Oi Rê
    Sabe, eu não sou A fã nem de livros de terror, muito menos de contos, #but adorei a sugestão, essa capa é fofa e parece ser ótimo!
    Adorei, ler em voz alta? hahaha Muito bom.

    Valeu pela dica.
    Beijos
    ;)

    ResponderExcluir
  3. Putz, fiquei vidradaaaa nessa história... Caramba!!! Adoro contos de terro, comecei a ler um que chamava OBSCURA, nao me lembro o escritor, mas nossa eram macabros... nao terminei nao.. hahahahaha Masele ta guardadinho para dias mais tranquilos... hahahaha
    Beijao e amei a dica!

    ResponderExcluir
  4. ei Regi, adorei a capa desse livro, kk. Meio engraçadinha ela. =)

    Fiquei curiosa, quero ler o livro. 0/
    beijos. ^^

    ResponderExcluir
  5. Oii!
    Gostei demais da sugestão! Gosto de contos e estou começando recentemente a ler terror e gostei bastante. hehehe.
    Vou procurar esse livro com certeza, para ler!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Opa, gostei! Adoro contos de terror *-*
    prefiro eles a historias grandes, não sei porque, mas acho que o genero se encaixa melhor neste clima.
    A ilustração da capa é linda mesmo!
    Entrou na listinha :D

    ResponderExcluir
  7. Ahhh amei deve se interessantissimo A resenha ficou otima e me deu muita vontade de le-lô e ainda mas porque eu amo contos de terror.

    ResponderExcluir
  8. Fiquei interessada nesse livro.
    Parece que é bem legal .
    Mais um livro na minha lista #haha .

    Beijos flor :)

    http://mundoportrasdaminhaparede.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Gostei da sugestão!

    Eu gosto desses tipos de gêneros e me interessei por este. Como disse a Tata, mais um livro na minha lista! uahuahuaha


    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Rê!
    Adorei sua resenha!! Como você disse, pela capa eu acharia que é um livro mais infantil e que provavelmente não iria pegar para ler. Mas pelo que você escreveu, as histórias parecem ser muito boas, ainda mais se são inspiradas nos contos do Poe.
    Ah, mandei um email para você, pelo formulário de contato sobre parceria entre blogs ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Não sou muito afim de histórias desse tipo, mas parece uma boa sugestão.

    ResponderExcluir
  12. Adorei!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas vou adiciona-lo na minha lista de desejados do skoob.
    Principalmente por ser inspirado em Edgar Allan Poe.
    Pelo jeito que voc~e descreveu o livro também, a narrativa parece ser muito boa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Adorei a capa, a sinopse, a resenha TUDO
    quero ler, afinal quero ler TUDO t-t

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha e a sinopse. Me deram vontade e curiosidade de ler.
    Parece ser bem arrepiante e sinistro. Vou adiciona-lo ao meu skoob =)
    =*

    ResponderExcluir
  15. Nossa o livro parece ser bem legal.

    http://sempre-lendo.blogspot.com/

    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Não faz meu estilo, mas realmente fiquei com vontade de ler *-*

    ResponderExcluir
  17. Ai, que agonia! Não gosto de livros de terror... não durmo depois hahahaha

    ResponderExcluir
  18. Gostei muito da capa. O livro deve ser ótimo. Mais uma para a minha lista de leitura!!

    ResponderExcluir
  19. Bem Tim Burton mesmo, até me lembra "O Estranho mundo de Jack ;D

    ResponderExcluir
  20. Nunca tinha visto este livro, parece bem legal. eu gosto de histórias de terror e suspense!!

    ResponderExcluir
  21. Acho que ouvi falar desse livro só uma vez, não me interessei. Agora achei ele legal, deu vontade de ler :)

    ResponderExcluir
  22. achei super!!
    gosto muito de lar contos e este livro e vi na livraria cultura pra vender e quis muito comprar

    ResponderExcluir
  23. Não gosto muito de terror e suspense =/

    ResponderExcluir
  24. Ahhhhhh só de ver a capa fiquei fascinada!!! Depois de ler que o autor se inspirou em Edgar Allan Poe, eu também tive a mesma reação que você: Eu quero! Embora eu nunca tenha lido um livro de Poe, vi ótimas referências.
    Autor britânico, mesma editora de Harry Potter, "sombrio e elegante, na melhor linha dos clássicos de suspense"... estou perdidamente encantada, infinitamente apaixonada por esse livro.

    ResponderExcluir
  25. Ah que capa linda!!!!!!
    Adorei a dica, terror, suspense, dá um medinho básico mas é bom né!!!

    Beijo

    ResponderExcluir
  26. Eu amo uma historinha de arrepiar, e essa capa lembra muito historias infantis, pegadinha do autor esta em.

    ResponderExcluir
  27. Gostei da indicação.
    A capa também é legal.

    Histórias de terror sempre são bem vindas.

    Bye

    ResponderExcluir
  28. Histórias assombrosas e horripilantes me cativam muito. Ouvi falar bastante das histórias de Edgar Allan Poe e vi que ele será um dos meus autores preferidos assim que eu começar a ler as suas histórias ;)

    Adorei a sua indicação

    O livro vai para a minha lista de desejados!

    Mil Bjs

    ResponderExcluir
  29. Nossa, parece ser perfeito esse livro, curti !!!

    ResponderExcluir