Postado 27 novembro 2010

Resenha: O Arquiteto do Esquecimento

Por Regiane Cristina S.






                         
Título: O Arquiteto do Esquecimento
Autor: Marcos Bulzara
Nº de páginas: 470
Ano Edição: 2009
Editora: Life








"Que parte da sua vida você gostaria de apagar?" 


Esse livro tem como protagonista Doran Visich, um polonês judeu que até então, levava uma vida tranqüila - apesar de simples – acompanhado de dias felizes e de brincadeiras em seu vilarejo, ao lado de sua família. Mas como sabemos, a vida nem sempre é justa, ela prega peças. Infelizmente, Doran foi alvo de uma dessas peças. Um acontecimento inesperado e triste o marcou e o marcaria por muito tempo, acrescentado de remorso e pesadelos.

Apesar da culpa que carregava, Doran tentava seguir em frente, estudando, ajudando seus pais e cuidando de sua querida irmã Constantine, mas realmente parecia que as coisas não estavam a seu favor. Se já não bastasse as lembranças daquele ocorrido que assombravam a sua mente, os dias de sossego naquele lugar agradável, a sua terra natal - a Polônia - estavam contados, devido à terrível guerra que estava por vir.

Doran foi separado dos seus familiares e amigos, teve que enfrentar as torturas e atrocidades no campo de concentração. Foi humilhado, passou fome e sede, e ainda teve que testemunhar várias mortes injustas e cruéis. Felizmente ou não – já quase no final da guerra - ele conseguiu milagrosamente escapar dos campos nazistas.

O holocausto é apenas o pano de fundo dessa comovente história. Doran jamais esqueceria de tudo que passou nas mãos daqueles assassinos nazistas, mas outras tristezas e desgraças chegariam até ele.  Ao se refugiar na Áustria imaginou que finalmente a vida lhe traria algo bom, mas infelizmente aquele ainda não era o momento. Por ser o único homem capaz de decifrar um código químico para a criação de uma nova droga  capaz de revolucionar o mundo científico, ele sofre uma terrível perseguição, tendo como única opção, fugir para os Estados Unidos.

Já no novo país, os tormentos e aflições fazem Doran ansiar em reencontrar o seu passado. E quando a vida parecia finalmente querer recompensá-lo, uma nova situação terrível acontece. Cansado e desesperado, ele enxerga apenas uma alternativa, uma decisão arriscada. Seria válido tamanho sacrifício? Conseguiria finalmente encontrar as respostas do seu passado? Conseguiria se perdoar da culpa carregada por anos?

Eu nem sei mais o que dizer. Terminei o livro quarta-feira e confesso que foi impossível conter as lágrimas. Ainda estou muito emocionada. Apesar de tratar de personagens fictícios, existe a realidade por trás de tudo isso. E como o autor disse na sua nota final, as guerras continuam, as mortes, as atrocidades causadas pelo homem. E de uma forma ou de outra, tentamos sempre esquecê-las.

O desencontro de pessoas queridas em conseqüência da guerra. O amor pela família, as lutas, os sofrimentos... Nossa! Como isso me tocou! Na verdade, sempre me toca. Li alguns livros esse ano que retratassem o holocausto, mas confesso que nenhum me emocionou como o “Arquiteto do Esquecimento” mesmo este, tendo o assunto apenas como pano de fundo. Sem contar a narrativa impecável do autor, rica em detalhes, que leva o leitor a imaginar cada cena, cada situação, com muita precisão, mesmo nunca estando em nenhum dos locais citados.

Marcos eu tentei de todas as formas me expressar o melhor possível para que as pessoas dêem chance a elas mesmas para apreciar sua maravilhosa obra. E como eu disse pelo e-mail, se dependesse de mim, você seria reconhecido mundialmente, pois além da história incrível que você criou, percebe-se de longe o tempo que você se dedicou em pesquisas, na escrita, revisão, no material do livro, etc. Resumindo um livro feito com muita paixão. 

Escrever histórias, livros, muitos podem fazer isso, mas emocionar e fazer os leitores vivenciarem cada cena, e cada um dos seus personagens a ponto de mexer com os sentimentos, isso é uma façanha para poucos. E você pode se incluir nessa segunda opção.

Finalizando eu quero dizer que jamais esquecerei a história de Constantine e Doran Visich. E também não posso deixar de falar que esse foi um dos melhores livros que eu já li na minha vida. Recomendo!!!

Confiram o Booktrailer do livro:



Maiores informações sobre o autor e sua obra: Site Oficial de Marcos Bulzara
Venda do livro "O Arquiteto do Esquecimento" nas livrarias Saraiva, Nobel e Siciliano. Dica: Procure pelo bondfaro ou buscapé que tem desconto.

45 comentários:

  1. A resenha e excelente e mesmo como pano de fundo o holocausto é um assunto que me atrai fortemente, e pelo que vi o livro é muito bom. Gostei.

    Sempre Lendo

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha. Realmente livros que vivenciam algum momento histórico sempre emocionam mesmo. Esse livro não parece ser diferente e pelas suas palavras sinto que me causaria a mesma sensação após lê-lo. Vou colocá-lo na minha lista, com certeza!
    ;D

    ResponderExcluir
  3. Oi Rê!
    Normalmente não gosto muito de livros sobre guerra, mas gostei bastante da sua resenha e acabei me interessando por esse livro. Tenho certeza que se ler também vou acabar chorando, parece ser uma história bastante triste.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu vi você comentando no twitter sobre esse livro e quase me emociono junto, imagina quando ler? :X Claro que já foi pra minha lista de livros desejados, que tá gigantesca, por sinal. ._.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. O personagem principal sofre hein!
    Coitado :/ Uma coisa atrás da outra!
    Adoro livro que retrata a segunda guerra!
    Já está na minha wishlist do skoob!

    Parabéns pelo livro Marcos (mesmo que eu ainda não tenha lido) e parabéns pela resenha tocante!

    o/

    ResponderExcluir
  6. Parece ser emocionante... só no booktrailer vc já fica pensando e repensando nas coisas o.o

    Historias com esse tema já tendem a dar um bom plot, e esse parece ser perfeito. Sabe, a literatura brasileira tem dado uma guinada! Espero poder conferir logo este livro!

    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  7. Não consigo me imaginar no lugar de Constantine e Doran, pois a minha vida se resume em família, amigos e livros. Deveria ser difícil viver (se é que se pode chamar de vida) num campo de concentração. O livro deve ser muito bom.

    ResponderExcluir
  8. Ficou show a resenha hein Regi!! Gostei muito!!
    E nem preciso falar que o Arquiteto já entrou na fila, né??

    Beijão!

    ResponderExcluir
  9. Eu também já li e recomendo fortemente. História cativante, inteligente e bem amarrada. Garantia de agradáveis momentos de leitura.

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha!
    Já vou adicionar esse livro nos meus desejados do skoob. E já estou até vendo que vou chorar e morrer de dó do personagem principal, pelo que você falou ele sofre um bocado.
    O único livro que eu li sobre holcausto foi O Menino do Pijama Listrado, que me emocionou horrores também.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Confesso que não tinha me interessado pela capa e pelo título, mas depois dessa resenha ...
    Ficou ótima a resenha, fez com que eu me interessasse de verdade com o livro.

    ResponderExcluir
  12. Não faz meu estilo, mas depois dessa resenha tô até pensando em ler, viu?

    ResponderExcluir
  13. A um tempo atras havia ouvido falar desse livro, mas não me interessei muito; sua resenha despertou minha curiosidade para lê-lo.

    Beijos!


    http://blogbibliomania.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Li e recomendo muito, a história nos prende e nos emociona enquanto lutamos junto com o personagem principal!
    Adoro livros que abordam a Segunda Guerra e esse é sem dúvida um dos meus favoritos.

    ResponderExcluir
  15. Oi Reh!!!!
    Hummm, então esse é o livro que você mencionou no twitter que te fez chorar horrores??
    Mas nem tenho que questionar: todos os livros que se passam durante o holocausto, campos de concentração... nossa, eu choro horrores!
    Porque sempre carregam um fardo de sentimentos tristes, memórias que machucam né??
    E a gente nem pode tentar imaginar como foi passar aquilo... deve ser uma dor que jamais poderíamos descrever, apenas chegar próximo dela!
    Eu adoro livros assim e pela capa, jamais imaginei que a história seria tão linda!!!!!
    Nossa, vou colocar na minha lista de leituras, urgentemente!!

    Fiquei pensando: que fato foi esse que de início mudou a vida de Doran??? :x

    Obrigada pela dica, como sempre!!!!
    *-*


    xoxo

    ResponderExcluir
  16. Muito boa a resenha, o livro parece ser muito bom mesmo e é incrível o book trailer. Parabéns ao autor, fiquei até com vontade de ler agora, pela sua resenha dá pra se perceber que o livro realmente foi muito bem escrito, continua fazendo essas resenhas maravilhosas.

    ResponderExcluir
  17. Nossa adorei a resenha!

    Sou doida para ler esse livro, o booktrailer é muito bom!

    A Reh, tu foi tageada http://tatybooks.blogspot.com/2010/11/brincadeira-de-tag.html

    ResponderExcluir
  18. Parece ser uma história bem envolvente :D gostei.

    ResponderExcluir
  19. Adorei a resenha desse livro não vai sai da minha cabeça!

    ResponderExcluir
  20. Vi uma resenha desse mesmo livro em outro blog (Menina da Bahia, se eu não eu engano)
    Não me interessei muito porque realmente não gosto de livros que contem histórias da 2ª Guerra Mundial (sempre choro kkkkkkk) mas sua resenha me deixou com a maior expectativa de ler, Regi! *-*
    Vai pra lista dos desejados hihi

    ResponderExcluir
  21. Pelo título, achei que fosse algo como o filme "Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças", mas não é.
    É mais pesado e que o filme, porque lembranças como essas são realmente terríveis.

    ResponderExcluir
  22. Caramba!
    Pela resenha deu a maior vontade de ler esse livro. Deve ser bom.
    Eu também gosto das histórias que tem o holocausto e II Guerra como ambiente, acho que nunca li um livro nesse cenário, só vi filmes, e foram alguns dos que mais gostei na vida.
    Muito legal mesmo, estou até participando da promoção, quem sabe eu ganhe ^___^

    ResponderExcluir
  23. Não gosto muito de livros de guerra, acho triste. Mas quero lê-lo, só que eu tenho certeza que eu vou chorar =/.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Parece ser uma trama muito interessante e, tendo a Segunda Guerra como pano de fundo, chamou imediatamente a minha intenção.

    ResponderExcluir
  25. Olá flor!!
    Adorei a resenha é uma historia triste, mais interessante e envolvente, Parabéns pela promo. Bjos
    DEUS TE ABENÇOEI SEMPRE.

    ResponderExcluir
  26. Rê, desde que li sobre esse livro a primeira vez fiquei doidinha pra ler.
    Sua resenha só aumentou minha vontade, parabéns. :)
    ARRASOU!

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    ResponderExcluir
  27. O livro parece ter uma história bem bacana e eu adorei a capa. Isso só aumenta mais a minha vontade de ler... HUGS =D!!!

    ResponderExcluir
  28. Os desencontros ocasionados pela guerra sempre me fazem crer no absurdo sem sentido de tanta matança. Não há nada que me deixe mais pra baixo do que a carnificina provocada por causa de territórios, ideologias, riquezas ou simplesmente pelo fortalecimento de posições. O homem é o lobo do homem como já diria Hobbes... a ignorãncia é a única explicação para tão fatídicos acontecimentos. Bela resenha, me deixou curioso e louco pra ler o livro.

    ResponderExcluir
  29. Adorei a resenha. Você conseguiu passar sua visão de uma forma tão legal que esse livro de uma temática mais recorrente salta ao interesse. Parece ser bem emocionante.

    ResponderExcluir
  30. Rê eu quero muito ler esse livro, o tema é diferente do que eu costumo ler, tenho certeza que vou gostar!!
    beijoos

    ResponderExcluir
  31. Quando você falou a primeira vez desse livro aqui no blog já fiquei com uma imensa vontade de ler. Após a resenha, a vontade só aumentou. Parabéns pelo post. Fico feliz qdo leio que obras tão boas são brasileiras!

    ResponderExcluir
  32. Achei que fosse que fosse outra coisa,mas sua resenha mudou minha opinião.
    Fiquei interessada em ler!!!

    Bye

    ResponderExcluir
  33. Parece ser um ótimo livro, uma história que não dá vontade de parar de ler! Estou interessada para ler!

    ResponderExcluir
  34. interessante, vou procurar nas livrarias de minha cidade ...

    ResponderExcluir
  35. Pela sua resenha, parece ótimo.
    Agora deu vontade de ler, gosto de livros nessa temática.

    ResponderExcluir
  36. Pela sua resenha, parece ser um ótimo livro. Fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  37. Eu quero *__________*
    achei o livro ótimo só de ler a resenha.

    ResponderExcluir
  38. Oi!!!
    Mesmo depois de ter lido a sua resenha ainda estou estou em dúvida se leio ou não :(
    Mas gostei muito da resenha!!

    ResponderExcluir
  39. nossa!!! muito legal. pela resenha fiquei com muita vontade de ler o livro.

    bjs

    ResponderExcluir
  40. Parece ser muito massa!
    Estou participando da promoção e espero ganhar, por que comprar por enquanto não dá =/

    ResponderExcluir
  41. Eu adorei este livro. O Marcos fez uma obra bela, harmoniosa, bem estruturada. Nota dez pelo trabalho e pela resenha!!!!

    ResponderExcluir
  42. não é muuito o meu estilo, mas quem sabe eu leia
    a resenha me animou um pouco

    ResponderExcluir
  43. Um tema triste, mas com certeza uma grande historia. Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  44. Obrigada pela recomendação.
    Sou viciada em livros que abordam esse tipo de tema e ainda demonstram tudo isso em detalhes. Amei a resenha. Acredito que seja um dos livros que me emocionará tbm. Temas desse contexto sempre estão na minha listinha de preferidos ... Ainda mais se me prenderem de qualquer forma:)

    Mil Bjs

    ResponderExcluir